Se temos liberdade ou destino

Pai e mãe, ouro de mina / Coração, desejo e sina …

Quem já não teve a sensação de a vida seguir o curso de um destino imutável, uma espécie de sina, de sentença poderosa, com a qual não adianta nenhum embate, luta, confronto ou diálogo? Quem não teve a sensação de que ao menos uma ou outra área da vida segue seu rumo próprio, independente de uma vontade pessoal ou de esforços de mudança e realização?

Afinal, tudo está traçado? Ou coisas podem ser mudadas? Ou será, ainda, que estamos num “entre” – nossa vida se situa em um ponto entre essas duas condições, aproximando-se em cada caso e em diferentes momentos de uma ou de outra possibilidade?

O que você acha? Conte aqui sua experiência ou mande uma mensagem particular (veja contatos no menu no canto superior direito desta página). Seria bom contar essa história em conjunto.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s