Psicoterapia e a ética nossa do dia a dia

Toda cultura ou sociedade constrói seu código moral, ou seja, uma série de regras acerca do bem e do mal, do permitido e do proibido, do correto e do incorreto. Nascemos em meio a este conjunto de valores institucionalizado e comumente naturalizado, ou seja, o código moral, as regras de conduta estabelecidas, é tomado como … Continue a ler Psicoterapia e a ética nossa do dia a dia

Anúncios

A Amazônia e o inconsciente ou a Amazônia inconsciente

Este texto também poderia se chamar: “inconsciente amazônico”, “nós, seres humanos, inconscientes e amazônicos”. Ou, na polaridade oposta: “Conscientes da Amazônia”, “Amazônia consciente urgente” etc. etc. O fato é que nesses dias de difíceis notícias a respeito da nossa floresta, este patrimônio gigantesco, magnífico, riquíssimo em muitos níveis, reino de abundância e extrema diversidade e, … Continue a ler A Amazônia e o inconsciente ou a Amazônia inconsciente

Reeducação afetiva, reaprendendo a bem nutrir a vida

Expressão que virou arroz de festa há alguns anos, a reeducação alimentar visita quase que qualquer conversa, a qualquer hora, em qualquer lugar. Muitas vezes chega até no rodízio de pizza ou no churrasco de domingo, com o acréscimo daquele comentário indulgente de que se pode comer de tudo, o importante é achar um equilíbrio … Continue a ler Reeducação afetiva, reaprendendo a bem nutrir a vida

Embrulha pra presente? Sobre a desaceleração possível nas festas de fim de ano

Se você pudesse escolher um presente de Natal, qualquer presente, mas qualquer mesmo, o que seria? Uma vez fiz essa pesquisa entre amigos e para minha surpresa parece que, quando abrimos as possibilidades para “qualquer presente, mas qualquer mesmo”, as pessoas – ao menos os meus queridos amigos – navegam em seus anseios e aportam … Continue a ler Embrulha pra presente? Sobre a desaceleração possível nas festas de fim de ano

Liderança, poder, responsabilidade, ordem ou caos

Onde um líder se estabelece, o poder deve ter pouca importância, a responsabilidade, toda importância. Se pensássemos assim, poucos de nós almejaríamos uma posição de liderança. Afinal a responsabilidade que pesa aí é bastante grande. No entanto, quantas vezes não lutamos por este lugar, por um lugar de poder, que seja na discussão do almoço … Continue a ler Liderança, poder, responsabilidade, ordem ou caos

Escolhas conscientes diárias, nosso maior exercício político

Estamos novamente polarizados. Está-se instalando no Brasil a tradição de, de tempos em tempos, diante de momentos políticos importantes, mergulharmos num clima exaltado, em especial virtualmente, em defesa de uma ou outra posição política. Beligerantes, raivosos ou apenas dignamente indignados, no mês que vem iremos às urnas de novo a fim de depositar nossos votos, … Continue a ler Escolhas conscientes diárias, nosso maior exercício político

Plasticidade dos corpos ou corpos plásticos? Uma escolha que precisamos fazer

Que o Brasil há anos ocupa as primeiras posições no ranking de países que mais realizam cirurgias plásticas, todo mundo sabe ou adivinha. Que o mundo se preocupa a cada hora mais com aparência e estética, todos nós sentimos na pele – desculpem o trocadilho. Ainda assim, a notícia, há algumas semanas, de que uma … Continue a ler Plasticidade dos corpos ou corpos plásticos? Uma escolha que precisamos fazer

Porque não existem pílulas da felicidade, vivamos a vida

Com este texto e com alegria, inaugurei os escritos nessa mídia que admiro, o Jornal d'Aqui (Granja Viana, Cotia, SP). Uma honra. "Em meu trabalho como psicóloga, com frequência eu me pergunto por que se deveria tentar abolir instantaneamente estados mentais como angústia, tristeza, nervoso, irritação ou preocupação. Embora incômodos, eles não são, em si mesmos, … Continue a ler Porque não existem pílulas da felicidade, vivamos a vida

Um motivo para nunca se fazer terapia

Há um motivo para nunca se fazer terapia. Conto qual é: autoconhecimento. Explico: nunca se chega ao consultório de um terapeuta ou analista em busca de autoconhecimento puro e simples, de se conhecer melhor. Se você diz que é esse o seu caso, é bem provável que não esteja em terapia. Arrisco dizer que escolheu … Continue a ler Um motivo para nunca se fazer terapia

Papai Noel existe – uma proposta de reflexão para adultos

Minha filha tinha quase sete anos, ou talvez um pouco mais que isso, quando lançou pela primeira vez a pergunta sobre a existência desses seres a quem atribuímos uma presença muitas vezes invisível e uma existência fantástica. Era Páscoa e a pergunta tinha a ver com o coelho que trazia ovos. Eu havia passado uma parte … Continue a ler Papai Noel existe – uma proposta de reflexão para adultos