Liderança, poder, responsabilidade, ordem ou caos (coluna no Jornal d’Aqui)

Onde um líder se estabelece, o poder deve ter pouca importância, a responsabilidade, toda importância. Se pensássemos assim, poucos de nós almejaríamos uma posição de liderança. Afinal a responsabilidade que pesa aí é bastante grande. No entanto, quantas vezes não lutamos por este lugar, por um lugar de poder, que seja na discussão do almoço … Continue a ler Liderança, poder, responsabilidade, ordem ou caos (coluna no Jornal d’Aqui)

Anúncios

Escolhas conscientes diárias, nosso maior exercício político (coluna no Jornal d’Aqui)

Estamos novamente polarizados. Está-se instalando no Brasil a tradição de, de tempos em tempos, diante de momentos políticos importantes, mergulharmos num clima exaltado, em especial virtualmente, em defesa de uma ou outra posição política. Beligerantes, raivosos ou apenas dignamente indignados, no mês que vem iremos às urnas de novo a fim de depositar nossos votos, … Continue a ler Escolhas conscientes diárias, nosso maior exercício político (coluna no Jornal d’Aqui)

Plasticidade dos corpos ou corpos plásticos? Uma escolha que precisamos fazer (coluna no Jornal d’Aqui)

Que o Brasil há anos ocupa as primeiras posições no ranking de países que mais realizam cirurgias plásticas, todo mundo sabe ou adivinha. Que o mundo se preocupa a cada hora mais com aparência e estética, todos nós sentimos na pele – desculpem o trocadilho. Ainda assim, a notícia, há algumas semanas, de que uma … Continue a ler Plasticidade dos corpos ou corpos plásticos? Uma escolha que precisamos fazer (coluna no Jornal d’Aqui)

Porque não existem pílulas da felicidade, vivamos a vida (coluna no Jornal d’Aqui)

Com este texto e com alegria, inaugurei os escritos nessa mídia que admiro, o Jornal d'Aqui (Granja Viana, Cotia, SP). Uma honra. "Em meu trabalho como psicóloga, com frequência eu me pergunto por que se deveria tentar abolir instantaneamente estados mentais como angústia, tristeza, nervoso, irritação ou preocupação. Embora incômodos, eles não são, em si mesmos, … Continue a ler Porque não existem pílulas da felicidade, vivamos a vida (coluna no Jornal d’Aqui)

Um motivo para nunca se fazer terapia

Há um motivo para nunca se fazer terapia. Conto qual é: autoconhecimento. Explico: nunca se chega ao consultório de um terapeuta ou analista em busca de autoconhecimento puro e simples, de se conhecer melhor. Se você diz que é esse o seu caso, é bem provável que não esteja em terapia. Arrisco dizer que escolheu … Continue a ler Um motivo para nunca se fazer terapia

Sua criança manda lembranças

O sonho mais antigo de que me lembro deve ser de quando eu tinha dois ou três anos. Estou no meu quarto e ouço barulhos no corredor. Parecem passinhos de crianças brincando. Saio para ver e enxergo apenas sapatinhos que se movimentam. Não vejo as crianças. Primeiro pesadelo, na verdade. Um susto imaginar que algo … Continue a ler Sua criança manda lembranças

Para machucado, Maravilha Curativa. Ou: Um pouco sobre mães e filhas

Uma infância marcada pelo frasquinho branco, com um nome e um desenho em linhas pretas de uma mulher segurando uma planta – que eu supunha ser a Maravilha – nas mãos erguidas... Sabe o que é isso? Para mim significou incontáveis, mas incontáveis mesmo (!), momentos em que bradei pedidos desesperados à minha mãe para … Continue a ler Para machucado, Maravilha Curativa. Ou: Um pouco sobre mães e filhas

Quando o melhor lugar é mesmo aqui e agora – onde quer que seja!

Fim de tarde, começo de uma noite quente no Rio. Penso em fazer uma caminhada até Botafogo para encontrar amigos. Mal planejo, desaba a maior chuvarada. “Tudo bem”, penso enquanto tomo banho, “posso mudar de ideia quanto à caminhada, mas vou mesmo assim”. Alegria. Sem dúvida, encontrar os amigos vale a pena. O som das … Continue a ler Quando o melhor lugar é mesmo aqui e agora – onde quer que seja!

Papai Noel existe – uma proposta de reflexão para adultos

Minha filha tinha quase sete anos, ou talvez um pouco mais que isso, quando lançou pela primeira vez a pergunta sobre a existência desses seres a quem atribuímos uma presença muitas vezes invisível e uma existência fantástica. Era Páscoa e a pergunta tinha a ver com o coelho que trazia ovos. Eu havia passado uma parte … Continue a ler Papai Noel existe – uma proposta de reflexão para adultos

Casa (capítulo da dissertação de mestrado “A casa de um jovem casal – a constituição dos espaços da casa como campo de símbolos expressivos da construção da conjugalidade”)

CASA, EXPERIÊNCIA ESSENCIALMENTE HUMANA Juntamente com a alimentação e o vestuário, a casa é um dos elementos cotidianos mais antigos da humanidade. Desde tempos imemoriais, precisando se proteger de um ambiente naturalmente hostil o homem buscou abrigos, de modo que pudesse estar em segurança. Precisou, dessa maneira, delimitar espaços e adequá-los às suas necessidades, de … Continue a ler Casa (capítulo da dissertação de mestrado “A casa de um jovem casal – a constituição dos espaços da casa como campo de símbolos expressivos da construção da conjugalidade”)